Menu

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

 Imperatriz Leopoldinense tem novo coreógrafo na comissão de frente

28 JUN 2018
28 de Junho de 2018

Com a saída de Claudia Motta para o Império Serrano, a Imperatriz Leopoldinense resolveu apostar num nome novo para comandar a comissão de frente de 2019. A responsabilidade agora fica com o coreógrafo Fábio Batista, já conhecido entre os gresilenses. Ele comandou por sete anos seguidos algumas alas e componentes de carros da verde e branco. A primeira vez foi em 2012.

Apesar de estar no Carnaval há quase 30 anos, Fabinho, como é conhecido no samba, fará estreia em comissões de frente no Grupo Especial. Na Série A, ele assinou o quesito em escolas como Paraíso do Tuiuti (2008; 2011-2013) e Renascer de Jacarepaguá (2014).

– Deixei meu currículo na Imperatriz e fui chamado pra uma conversa com o Wagner (Araújo, diretor de carnaval). Ele me chamou com uma proposta grande dentro da escola. Vou fazer a comissão de frente e ser responsável pela coreografia dos carros. Tive receio de aceitar esse trabalho, mas o Wagner me convenceu – conta Fábio, que também é diretor da Escola Carioca de Danças Negras e coreógrafo da Cia. Clanm.

Nos últimos dois carnavais, Fabinho ganhou notoriedade na Mangueira ao coreografar alas de comunidade e levar, por dois anos consecutivos, o “Estandarte de Ouro”, prêmio ofertado pelo Jornal O Globo, de melhor ala. Os trabalhos premiados foram a ala “Lavagem do Senhor do Bonfim” e o “Bloco de sujo ou vem como pode no meio da multidão”.

 

– O Leandro (Vieira, carnavalesco) é um anjo na minha vida. Foi um desafio trabalhar alas coreografadas na Mangueira sem quebrar a tradição da escola – diz.

 

O carinho parece ser recíproco, já que o carnavalesco da verde e rosa fez um texto agradecendo a parceria com Fábio Batista, a quem chamou de “braço coreográfico.” Leandro desejou sucesso na carreira do profissional e disse ser fã do trabalho de Fabinho.

Via: Sambarazzo
Voltar


Tenha você também a sua rádio